Temas

28/01/2018

O desenvolvimento de tecnologias eco-eficientes é tema complexo que exige abordagem multidisciplinar, coordenada. Por essa razão, requer um conjunto de linhas de pesquisa que permitem a atuação sinérgica de grupos de diferentes formações e experiências, de várias universidades, centros de pesquisa e empresas.

As soluções que nós propomos investigar e buscar inovações eco-eficientes envolvem quatro conceitos fundamentais:

1. Inovações em tecnologia dos materiais cimentícios, incluindo a escala nanométrica;
2. Tecnologia de processo de produção, que inclui a impressão 3D;
3. Metodologias de projeto de componentes otimizados com ferramentas avançadas otimização topológica e gradação funcional;
4. Metodologia confiável e simples de avaliação da ecoeficiência.

Todas as tecnologias em desenvolvimento tem potencial de aplicação. Algumas destas podem ser implementadas em larga escala em médio prazo. Outras são mais avançadas, com potencial elevado em nichos de mercado específicos ou a longo prazo.

Áreas de Atuação:
– Desmaterialização (fibras, ar incorporado e UHPC)
– Nanotecnologia e nano-partículas
– Desempenho em uso
– Ferramentas com gradação funcional
– Intensidade de ligantes
– Ferramentas reológicas
– Caracterização de agregados e fíleres
– Métodos de produção digital